João Bosco & Vinícius: “(Indescritível) É chegar daqui a 20, 30 anos e olhar para trás e ter orgulho da nossa carreira”

“Indescritível”. Esse é o nome do mais recente álbum de João Bosco & Vinícius. Depois de dois anos dedicados na elaboração do novo disco, o trabalho contou com a produção musical da própria dupla, juntamente com o produtor Ed Junior. Para falar do projeto, carreira, sonhos e mercado musical, a dupla recebeu o blog Almanaque Sertanejo para uma entrevista exclusiva.

“Este foi o trabalho que mais colocamos a mão na massa. Não que os outros projetos nós também não tivéssemos feito isso. Mas, como tivemos um prazo maior para a conclusão dele, gravamos em um estúdio em nossa cidade, Ribeirão Preto/SP, com calma e tranquilidade. Ouvimos mais de 800 músicas, escolhemos os arranjos, refizemos algumas vezes, até entendermos que estaria pronto, de acordo com a nossa vontade”, explicou Vinícius.

Com 14 faixas, “Indescritível” já está disponível para venda no iTunes e nas lojas de todo o Brasil. “Girassol” foi a primeira música trabalhada nas rádios, depois “Um lugarzinho na sua cama” e “Eu vou morrer de amor”. Neste mês de maio, a dupla começou a divulgar a canção “Sorte é ter você (Carolinas)”. De composição de Diego Faria, Claudio Noam, Euler Coelho e Rafael Oliveira, o single está entre as mais tocadas nas rádios do país. A informação é da Crowley – especializada em monitoração (audiência) de áudio.

A canção ganhou um lindo clipe que já foi visualizado mais de 400 mil vezes, no Youtube. Com direção e roteiro de Hugo Pessoa, o vídeo foi gravado em Mendoza, na Argentina, e Colonia Del Sacramento, no Uruguai. Para o clipe, a produção optou por dois atores argentinos para interpretar o casal principal. João Bosco & Vinícius também participam do vídeo, interpretando a música e aparecendo em paisagens locais.

Sorte é ter você (Carolinas):

SUCESSO (TRABALHO)
No vocabulário de João Bosco & Vinícius não existe a palavra “sucesso”. Ela é prontamente substituída por “trabalho”. Em 20 anos de carreira, eles conquistaram fãs, atravessaram gerações, mas, sempre permaneceram respeitando suas raízes. A dupla já recebeu quatro indicações para o Grammy Latino de “Melhor Álbum de Música Sertaneja”, e venceu em 2011.

Mesmo com a variedade de estilos e ritmos dentro da música sertaneja nos últimos anos, a fidelidade musical que João Bosco & Vinícius acreditam foi a receita para construir uma carreira sólida. Interpretes de grandes sucessos românticos que acompanham a trajetória deles, como “Magia e mistério”, “Chora me liga”, “Tarde demais”, “Chuva”, “Colo colo”, “Final de semana”, “Química”, entre outros, são alguns exemplos dessa lealdade.

“É um grande problema a mudança de estilo no sertanejo, porque um dos fatores principais é a identidade. Nunca fomos contra nenhum gênero ou ritmo, desde que a pessoa sempre defenda a mesma bandeira. A música passa uma mensagem. Através de nossas canções, principalmente as românticas, sempre buscamos passar algo positivo. Cada compositor retrata nas músicas românticas formas diferentes de falar do amor”, explica a dupla.

Mesmo não sabendo a receita para o sucesso (trabalho), ao menos, João Bosco & Vinícius conhecem e bem os ingredientes para uma carreira bem sucedida. Com o reconhecimento dos fãs e da mídia especializada ao longo da carreira, a dupla acredita na identidade artística, perseverança e muito trabalho para conquistar o resultado desejado.

“Fazer música com a sua verdade, sem copiar o trabalho de ninguém. Cada artista tem a sua identidade. O músico precisa se descobrir, ter perseverança, e acreditar no projeto que está sendo construído e estar sempre trabalhando. Não existe outra maneira. Quem trabalha mais, tem mais chances e oportunidades”, aponta Vinícius.

De acordo com eles, o artista precisa ter maturidade artística e pessoal para encarar as fases que toda a carreira pode passar. Ter uma boa estrutura profissional e a humildade em saber ouvir as pessoas, são alguns elementos que podem contribuir para uma história bem sucedida.

“O artista precisa ter muita disciplina e tranquilidade para lidar com os momentos da sua carreira. Quando você alcança o sucesso, você deixa de ser anônimo para ser novidade. Com o passar do tempo você deixa de ser novidade para começar a fazer um trabalho de manutenção”, diz João Bosco.

“Neste momento, você precisa trabalhar e se dedicar ainda mais, ter tranquilidade, porque é nesse momento que você precisa ter ainda mais foco, se reunir com sua equipe, ouvir mais as pessoas, até porque o trabalho de manutenção é tão importante quanto todo aquele que você fez até atingir o sucesso”, conclui João Bosco.

Questionado sobre o que seria indescritível na vida de João Bosco & Vinícius, eles responderam: “É chegar daqui a 20, 30 anos e olhar para trás e ter orgulho da nossa carreira”. Desde o início da dupla, 20 anos já se passaram, e diante de uma biografia de respeito e bem sucedida, João Bosco & Vinícius ainda terão muitos capítulos para escrever na história da música sertaneja.

Diego Vivan
Diego Vivan
Assessor de Imprensa – Diego Vivan www.estrategicassessoria.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *