Elas invadiram a música sertaneja

De acordo com todo o comércio popular internacional, 08 de março, é o dia para felicitar a mulher. Ok. Elas merecem não apenas um dia, mas, todos os dias, nossos aplausos e admiração. Como o dia está propício para parabeniza-las, nada mais justo do que evidenciar a conquista árdua que elas vêm alcançando no mercado da música sertaneja.

Depois de Inezita Barroso e as Irmãs Galvão abrirem as portas para as mulheres em um gênero predominantemente “machista”, houve um grande hiato até aparecer outras talentosas interpretes e compositoras de destaques como Fátima Leão, Roberta Miranda, Sula Miranda e Paula Fernandes. Desde então, a mulherada vem ganhando grande força e cada vez mais novas artistas tem se destacado.

Poderia citar aqui uma afinidade de cantoras talentosas, seja como solo, dupla, dupla mista, ou como trio. Ainda assim, tive a audácia de citar algumas artistas, que interpretam, compõem, tocam, e vão à luta todos os dias. Algumas delas que saem de casa, debaixo conforto da família, para arregaçar as mangas e ir ao trabalho, nem que para isso o violão seja a única testemunha de inúmeras lágrimas e sorrisos.

Acredito que, atualmente, Maiara & Maraisa é a dupla que maior reflete essa conquista das mulheres na música sertaneja. Não são apostas, elas já são realidades. As gêmeas são ótimas cantoras e compositoras. A música “10%”, que faz parte do primeiro DVD da carreira da dupla, gravado no ano passado, está entre as mais tocadas em todo o Brasil.

10% – Maiara & Maraisa:

A Laís é pra mim uma das mais belas vozes da música brasileira. Embora já tenha uma carreira de destaque, tendo gravado músicas com artistas como Gusttavo Lima na canção “3 horas da manhã” e Bruno & Marrone em “Eu ainda te amo”, Laís ficou nacionalmente conhecida quando emplacou o single “Eu só queria te amar”, em 2015, na trilha sonora da novela Mil e uma noites, da Rede Bandeirantes.

Temporal de amor – Laís:

A bela cantora e compositora Allana Macedo é destaque nas redes sociais, principalmente pelas gravações de músicas covers. Seus vídeos têm mais de sete milhões de visualizações, no Youtube. De voz firme e potente, a Allana é uma das minhas cantoras prediletas.

Chuva de arroz – Allana Macedo (Projeto em Loop):

Suellen Alone, 22 anos, cantora e compositora, nascida e criada na pequena cidade de Camanducaia/MG. Ela é um exemplo de determinação. A música “Romance americano”, de sua autoria, e que em breve ela vai lançar, é pra mim uma das mais belas canções que já ouvi na minha vida.

Caso indefinido – Suellen Alone:

Natural de Ibiporã/PR, Luana Gabriella começou a cantar aos cinco anos, por influencia de seu pai que é músico e chegou a fazer parte de uma dupla sertaneja (Ivan Carlos & Renan). Luana também chegou a fazer dupla (Luana & Eduardo). Ela ganhou bastante destaque no meio musical quando participou da primeira edição do Festival Sertanejo, do SBT, em 2013. Ao final do programa, entre cinco mil inscrições, ficou em terceiro lugar ao interpretar sua própria música “E agora diz”. O programa tinha como objetivo escolher a melhor composição.

Irei com você – Luana Gabriella:

Tanto a May quanto a Karen vinham de projetos solo. Conheceram-se, e resolveram formar dupla. Sou muito fã, não apenas pela qualidade musical e performance em cima dos palcos, mas, também pelo carisma. Aliás, pra mim, uma das duplas mais promissoras da música sertaneja.

Tudo que você quiser – May & Karen

E tem muita gente boa por aí surgindo e já acontecendo como a Marília Mendonça, Paula Mattos, Bruna Viola, Patrycia Alves, Simone & Simaria, Tuta Guedes, Bruna Pinheiro, Elisângela Dias, Gabi Luthai, Lucyana Villar, Vanessa Passos, Lola & Vitória, Naiara Azevedo, Luana Marques, Rafaela Ferrari, Mônica Guedes, Rafaela Miranda, Gabi Martins, e por aí vai…

Sabemos que no dia de hoje não é só o talento que basta para ter uma carreira artística destacada. Também é preciso de investimento financeiro, entre outros fatores. Mas, uma coisa é fato. Elas chegaram e estão aí conquistando seu espaço!!!

Para concluir, vale a pena assistir o vídeo que a “Rainha do Sertanejo, Roberta Miranda, divulgou em Outubro de 2015, no seu canal oficial , no Youtube, homenageando as mulheres do gênero.

Homenagem as mulheres da música sertaneja – Roberta Miranda:

Diego Vivan
Diego Vivan
Assessor de Imprensa – Diego Vivan www.estrategicassessoria.com

1 Comentário

  1. Valdirene Maldonado disse:

    Quanta coisa boa, Diego! Não consigo parar de ouvir essa mulherada. Me senti até mais animada em relação a voltar a cantar. Parabéns pelo seu dom da comunicação, é muito importante para a vida das pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *