Eric Silver lança disco com músicas inéditas e releituras de clássicos sertanejos

O cantor, compositor e produtor Eric Silver, lançou, em dezembro do ano passado, o CD “Bridges, Friends and Brothers”. No repertório, de 13 faixas, o cantor norte-americano traz canções inéditas – com o melhor do country americano – e versões em inglês de grandes clássicos da música sertaneja como “Vida boa”, “Pássaro de fogo”, “Romaria”, “Tocando em frente”, “Um violeiro toca”, “Menino da porteira”, “Evidências” e “Luar do sertão”, além do rock, “Epitáfio”. O próprio Eric Silver foi o responsável por toda a produção musical.

Para abrilhantar ainda mais o disco, participações de artistas consagrados da música brasileira como Paula Fernandes, Sérgio Britto, Almir Sater, Renato Teixeira, Sérgio Reis, e outros internacionais como Vince Gill (ganhador de 20 Grammys) e Victor Wooten (cinco grammys, considerando um dos melhores baixistas do mundo), Kix Brooks, Dann Huff, Jay Demarcus e Andrea Zonn.

Uma das primeiras músicas que Eric Silver gravou do CD, foi “Pássaro de fogo”, que contou com a participação da cantora Paula Fernandes. A faixa ganhou um lindo clipe que ambos os artistas interpretam e atuam.

Pássaro de fogo:

ERIC SILVER
Em sua carreira, Eric Silver já havia trabalhado como compositor, músico e produtor de artistas como Dixie Chicks, Shania Twain, Cindy Lauper, Donna Summer e Keith Urban. A relação de Eric Silver com o Brasil começou em 1986, quando conheceu Almir Sater gravando em um estúdio de Nashville e com quem tocou nos Estados Unidos.

À convite de Almir Sater, Eric Silver veio ao Brasil tocar em alguns festivais e adorou a experiência. Desde então, estabeleceu boas parcerias e grandes amizades com os artistas brasileiros.

Para ouvir suas músicas e conhecer um pouco mais de Eric Silver, acesse o site www.ericsilvermusic.com.

Diego Vivan
Diego Vivan
Assessor de Imprensa – Diego Vivan www.estrategicassessoria.com

1 Comentário

  1. helenice aparecida gotardi marcato disse:

    Adorei tudo, a música desses artistas talentosos, mas o café no bufe de “ágata” e a canequinha, ah, isso é muito interior do Brasil,obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *